19 de julho de 2022

Setembro Amarelo na PathMind

Sua empresa está preparada para o “Setembro Amarelo”? E para os outros meses? Pensando bem, suicídio não acontece só em setembro.

Setembro Amarelo

A sua empresa pode ajudar a salvar vidas!

Mês de Prevenção ao Suicídio

Desde 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM), organiza nacionalmente a campanha Setembro Amarelo®.

O principal objetivo da campanha é divulgar informações para prevenir o suicídio e valorizar a vida.

Um tema para a conscientização de todos.

O Brasil é o 8º país em número absoluto de suicídios e cada vida interrompida impacta, diretamente, na vida de pelo menos 6 pessoas, além de gerar graves consequências às famílias, empresas e à sociedade como um todo.

Entre 2010 e 2019, 112.230 pessoas tiraram sua própria vida no Brasil, ou seja, um aumento de 43% entre estes anos. Isso coloca o suicídio como a 14ª causa de morte no país (Ministério da Saúde, 2021).

De acordo com a OMS, 90% dos casos poderiam ser prevenidos e 96,8% estavam relacionados a transtornos mentais não tratados, como depressão, transtorno bipolar do humor entre outros.

É uma experiência que desafia os limites da CONDIÇÃO HUMANA. Portanto, é preciso abordar o tema de uma forma acolhedora, leve e muito responsável.

Setembro Amarelo: Como sua empresa pode ajudar os colaboradores?

A divulgação de informações dentro das empresas é fundamental para a conscientização do cuidado com a saúde mental e prevenção do suicídio.
E nós estamos aqui para ajudar você!

A informação de qualidade é a principal ferramenta para acabar com o tabu e o preconceito sobre a saúde mental.

Um tabu existente em nossa cultura por séculos não irá desaparecer sem o esforço de todos. Portanto, é imperativo as empresas promoverem informações, sensibilizar gestores e colaboradores para reconhecerem os sintomas da não saúde mental e buscar ajuda!

Sensibilizar a comunidade e quebrar tabu são ações importantes nas empresas para alcançar progressos na prevenção do suicídio e contribuir com a saúde pública!

Alguns fatores de risco para o suicídio

Transtornos mentais

96,8% das pessoas que tiraram suas próprias vidas, tinham um transtorno mental não tratado, ou acompanhado de maneira inadequada. O preconceito que existe sobre saúde mental faz com que as pessoas sintam vergonha de buscar ajuda.

Aspectos sociais

Sentimentos como falta de esperança, desalento e desespero estão fortemente ligados ao suicídio. É preciso estar atento aos jovens e adolescentes, pois a combinação de impulsividade, desesperança e abuso de substâncias, pode ser fatal.

Fatores psicológicos

Condições de saúde limitante, perda recente de entes queridos, humor instável, ter sofrido algum tipo de abuso, doenças incapacitantes e grupos vulneráveis que sofrem discriminação são fatores relevantes para as taxas de suicídio elevadas.

Método campanha prevenção ao suicídio

Profissionais altamente qualificados para falar do tema.

Nós, da PathMind,  abraçamos a campanha Setembro Amarelo com respeito, profissionalismo, acolhimento e muita empatia. 

Nosso time de Psicólogos é altamente especializado e está preparado para conscientizar as pessoas a priorizarem a saúde mental, além de identificar sintomas que sinalizam a necessidade de ajuda psíquica. 

Importante: Os profissionais especializados em saúde mental são somente os Psicólogos e Médicos com especialização em Psiquiatria.

Sobre a PathMind

Somos uma empresa moderna que nasceu de um desejo: o acolhimento humano no ambiente corporativo. Prezamos pela transparência e empatia nas relações com os colaboradores, clientes e fornecedores.

Buscamos levar qualidade de vida para as pessoas a partir do seu ambiente de trabalho. Nossa orientação contribui para a redução de rotatividade, absenteísmo, presenteísmo e auxílio no controle da sinistralidade de assistência médica.

O resultado? Aumento da produtividade, equilíbrio da saúde mental e colaboradores com qualidade de vida.

De forma leve, descontraída e colorida promovemos conhecimento sobre a saúde mental, emocional e comportamental para toda a esfera corporativa.

Fonte de consulta: www.setembroamarelo.com.br

Buscar ajuda: CVV188
Suicídio é uma emergência médica, ligue para o SAMU. 

4 de agosto de 2021

Priorizar a Saúde Mental é uma grande conquista

As olimpíadas nos induz a reflexões sobre o que é ser um profissional de alta performance e nesse contexto podemos destacar comportamentos e competências como superação, motivação, engajamento, foco no resultado, trabalho em equipe e etc. Talvez a Simone Biles tenha nos trazido a reflexão mais impactante, visto esse momento que saúde mental é tão […]

Psicoterapia

As olimpíadas nos induz a reflexões sobre o que é ser um profissional de alta performance e nesse contexto podemos destacar comportamentos e competências como superação, motivação, engajamento, foco no resultado, trabalho em equipe e etc.

Talvez a Simone Biles tenha nos trazido a reflexão mais impactante, visto esse momento que saúde mental é tão emergente: você prioriza a sua saúde mental?

Essa é uma reflexão muito individual e acredito que precisa nos perseguir a todo momento. Afinal, você pode ter engajamento, foco no resultado, competências e cumprir a cartilha na risca para ter sucesso profissional mas, se não priorizar você mesmo, se sentir e se ouvir, o processo e o resultado não vão fazer sentido.

O profissional do futuro precisa acima de tudo ter autoconhecimento pois o seu discurso alinhado as suas ações é o que prova quem realmente você é, onde você quer chegar e esse movimento genuíno é o que transborda para as pessoas ao seu redor: clientes internos e externos, equipe, colegas.

Preciso priorizar a minha saúde mental, existe vida além da ginástica”.

Simone Biles

Existe vida além do corporativo e essa vida é a sua. O centro do processo sempre será você, até porque ser “bem sucedido” é um conjunto das áreas da sua vida equilibradas, harmonizadas e com a verdadeira expressão de quem você é em cada uma delas.

Respeite seu caminho, o seu caminhar e as suas chegadas. 

Autora: Jessica Rafaela Baraçal Rebelato 
Psicóloga PathMind

*Texto protegido por lei de direito autoral. Plágio é crime*
*A imagem utilizada está licenciada sob a licença Creative Commons Atribuição 2.0 Genérica (Fernando Frazão/Agência Brasil).